quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Playlist: Biquini de Natal - Marcos Almeida


A Terra faz festa pra Ele
O céu se estendeu sobre a praia
Deixa o verão te aquecer
A nossa rua dizer que é natal


Flocos de neve, bonecos de gelo, meias grossas, roupas pesadas, lareira, são alguns elementos característicos da comemoração de natal. Há em tal fato a inevitável influência de países que vivem o inverno neste período do ano. Até mesmo o São Nicolau de Mira, conhecido popularmente como Papai Noel, mudou-se para o Pólo Norte para se adaptar à realidade de países como a Finlândia. Conta-se que na década de 1950, o governo finlandês construiu uma vila na região da Lapônia que ficou conhecida como lar oficial do Papai Noel, fator que estimulava o turismo local. 

Talvez faça mais sentido associar o natal ao inverno se levado em consideração que a temperatura é baixa na região de Belém neste período do ano, mas este fato também é contestado por aqueles que apontam que provavelmente Cristo não nasceu em meio ao inverno, pois, segundo a Bíblia, no momento em que Ele veio ao mundo, pastores vigiavam seus rebanhos, tarefa que seria árdua demais para ser feita sob baixas temperaturas. Alguns estudiosos arriscam que o Nazareno veio ao mundo em tempo mais ameno, como em uma primavera de abril. 

Deixando de lado as (des)construções históricas, e todo o debate que gira em torno do real momento em que o Salvador veio ao mundo, verdade é que muitos dos elementos utilizados para comemoração do natal se distanciam da nossa realidade. Em um país tropical como o Brasil, pensar em bonecos de neve é, no máximo, pensar no quanto seria bom abraçá-los para amenizar o calor que marca os nossos dezembros e sinaliza a chegada do verão. Pensando nisso, o cantor e compositor Marcos Almeida, nos presenteou em 2014 com o single "Biquini de Natal". 

Trazendo a junção de imagens clássicas do natal, como a de luzes coloridas, e imagens típicas do verão dos países que estão abaixo da linha do Equador, Marcos Almeida aproxima a beleza da recordação do nascimento de Jesus de Nazaré à nossa realidade. Não mais neve, raios solares, não mais roupas pesadas, biquini... mas apesar de tais discrepâncias, os bons sentimentos que movem - ou deveriam mover - os corações dos homens neste período do ano os unem. Seja no inverno, seja no verão, a recordação de que o Eterno nos enviou o seu amado Filho, nos faz pensar sobre amor, graça, perdão, simplicidade, valores que independem dos elementos utilizados em nossas comemorações.

Biquini de Natal é, nas palavras do próprio Marcos Almeida, Cristo nos trópicos, o céu se estendendo sobre a praia, a paz que se sente quando vemos reconciliadas nEle identidade e eternidade, Brasil e Reino, pertencimento e jornada, uma boa pedida para aproveitar o nosso caloroso natal com bela trilha sonora. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário