segunda-feira, 17 de julho de 2017

Playist: Há quanto tempo - Hotelo


"(...) Não tem porque não ser feliz
Não tem porque você dizer que sua vida é ruim
Há quanto tempo tu não doa amor
pra receber de volta o que doou?

Há quanto tempo tu não se imagina assim?
Honestamente não vai deixar isso lá pro fim
Se eternize no que vai gostar
E a cada dia que vai se passar, 'cê' vai
estar do jeito que tu sempre quis estar"

Ninguém vive a vida sem embaraços. Existem, porém, pessoas que aprenderam de alguma forma a lidar com esse tipo de situação. Eu não me considero como uma dessas pessoas, muito pelo contrário, me vejo como um grande vacilão nessa área. Momentos de dificuldade geralmente me desestabilizam e me impulsionam a agir de forma inconsequente, a dizer o que não devo, ou até mesmo a negar muito da minha essência. Em momentos assim, não são raros os olhares pessimistas para a vida que levo. Sem nenhuma vocação para ser dono de mim, indago: Por que ela precisa ser como é? 

Em um desses dias, me esbarrei nessa canção. Uma carga de positividade em meio aos meus embaraços. E por mais que não entendamos muitas coisas, não é preciso viver muito para sentir que o Diretor do filme da vida, por vezes, nos dá aquela mãozinha para que não entreguemos os pontos. De tantas formas diferentes, Ele se revela como a canção que precisamos ouvir na hora certa. 

Que a vida, através de todas as experiências que ela nos proporciona, nos ajude a alcançar a maturidade necessária para o contínuo esforço dos desembaraços. E cá pra nós, se não fossem as dificuldades, isso aqui não teria muita graça não. Prossigamos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário